quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

tempo bom


voltando a pensar com palavras



o poema



fui deitar e não consegui
de tanto pensar
me levantei pra escrever e não consegui
de tanto pensar

só consigo escrever, por agora, nesse formato
tem sido essa a limitação

o poema


ano novo



todo ano novo tenho vontade de mudar
que invenção boa
essa coisa de marcar o tempo
me mantém essa vontade

o tempo deve ser marcado mesmo
não viveríamos sem o fazer
são as pistas de quem somos

mas em caso de ano novo
de quem devemos ser